Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Boguita&Receitas

Este é um simples blog do qual pretendo partilhar as minhas receitas favoritas e de eleição, muitas das receitas e informações foram retiradas doutros blogs maravilhosos e bastantes úteis. Considero a criação deste blog como o meu livro de receita

Este é um simples blog do qual pretendo partilhar as minhas receitas favoritas e de eleição, muitas das receitas e informações foram retiradas doutros blogs maravilhosos e bastantes úteis. Considero a criação deste blog como o meu livro de receita

Boguita&Receitas

22
Ago15

Compota de Figo com Canela e Vinho do Porto


Boguita

 

 

Ingredientes para cerca de 6 frascos de 200ml de capacidade:

 

1,5 kg de figos (usei pingo de mel)
1 kg de açúcar
2 paus de canela
100ml de vinho do Porto

 

Preparação:

 

Lave os figos e corte-os em quartos. Coloque-os depois numa panela grande, onde tudo caiba à vontade, e acrescente o açúcar. Mexa bem, até o açúcar começar a dissolver-se com os figos. 
Leve o tacho ao lume e deixe levantar fervura. Acrescente os paus de canela e o vinho do Porto e reduza o lume para o mínimo, deixando a compota cozinhar lentamente, reduzindo e engrossando. Quando a compota tiver atingido o ponto desejado, o chamado ponto de estrada - em que colocando um pouco da compota num pires e passando com a ponta de uma colher ou do dedo, esta abre uma “estrada” que não se une de imediato - a compota está pronta. Tenha apenas cuidado para não deixar a compota cozinhar demasiado, para que não caramelize e fica rija. (No meu caso a compota cozinhou cerca de 1h30 até atingir o ponto, mas poderá demorar um pouco mais ou um pouco menos.)
Coloque a compota ainda quente nos frascos de vidro previamente esterilizados (e de preferência também quentes) e tape de imediato. Vire-os depois de cabeça para baixo e deixe ficar assim cerca de 30 minutos para que criem um vácuo natural.
Etiquete a gosto e guarde-os depois num local fresco e seco até utilizar.
Há ínumeras e deliciosas maneiras de comer compota. A de figo é para mim excelente com queijo, especialmente queijos de sabores mais fortes, como o chévre ou até queijo da ilha, e juntamente com uma bolachinhas de água e sal, fazem umas “tapas” rápidas e deliciosas.

 


Bom Apetite!

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D